Sleaford Mods no Vodafone Paredes de Coura: “Somos ingleses inúteis, animais que merecem estar enjaulados na sua ilha”


Na sua segunda passagem por Paredes de Coura, onde haviam atuado em 2016, os Sleaford Mods presenteram a plateia do festival com um espetáculo à sua moda. O mesmo é dizer que, enquanto Andrew Fearn faz uma espécie de aula de aeróbica, saltitando pelo palco e, ocasionalmente, disparando os instrumentais que servem de base às canções da dupla, o vocalista Jason Williamson reclama contra tudo e contra todos. É uma proposta singular e que, a espaços, surte um efeito curioso. Quando, pelo meio das letras-ralhetes, pára de gesticular para fitar os festivaleiros, numa postura de desafio, consegue aquilo que todos os rufias (personagem que encarna) deseja: atenção. Fazendo lembrar, na sua hostilidade teatral, o icónico Begbie do filme “Trainspotting”, é uma figura magnética, da qual se torna complicado tirar os olhos.

Artigo Exclusivo para assinantes

Assine já por apenas 1,63€ por semana.

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para continuar a ler



Source link

Leave a Comment