É um dos hotéis mais românticos do mundo — e a desculpa perfeita para voltar a Santorini – NiT


É um dos hotéis mais românticos do mundo — e a desculpa perfeita para voltar a Santorini

O Canaves Oia Epitome tem uma vista única sobre a caldeira e sobre o pôr-do-sol. E quartos super românticos para dois.

Podemos ir já para a ilha?

Abriu as portas em 2018 e é uma das mais recentes expansões do Canaves Oia em Santorini, a paradisíaca ilha grega. É romântico (e pequeno) como se quer, com apenas 24 quartos, e com o traço sedutor e simples que caracteriza a beleza do destino grego de verão.

Parte dos Small Luxury Hotels of the World, está situado em Oia, a uma distância segura do centro mais turístico: suficientemente perto para visitar, mas também suficientemente longe para se acomodar na sua paz e sossego.

Outro aspeto relevante é a vista, orientada a oeste, o que garante uma vista desobstruída do pôr-do-sol e, lá em baixo, da vila piscatória de Ammoudi. Entre os 24 quartos, nove são suites e os restante 15 são villas.

As tradicionais paredes brancas combinam-se com muros de pedra vulcânica e linhas retilíneas, que vão desenhando os terraços exteriores dos quartos, na sua maioria com direito a plunge pools e piscinas privativas.

O alojamento mais cobiçado é, claro, a villa com 450 metros quadrados e cinco quartos, ideal para grupos grandes. Tem sete casas de banho e ainda uma larga piscina.

Para uma escapadinha a dois, é difícil bater a Villa Epitome, que apesar dos 55 metros quadrados, oferece um amplo terraço com piscina privativa e uma vista desarmante do mar. Os quartos mais pequenos não são muito mais reduzidos: têm 45 metros quadrados e garantem pelo menos uma plunge pool para fazer frente aos dias mais quentes.

O Epitome não promete apenas quartos de luxo. Inclui ainda um spa com todo o tipo de tratamentos e a possibilidade de agendar um jantar privado e romântico: há um pequeno terraço de pedra reservado para o efeito e que garante toda a privacidade.

A comida vem, claro, de um dos dois restaurantes exclusivos do hotel, o Elements, comandado pelo chef local Tassos Stefatos. Na ementa pode encontrar uma cozinha europeia moderna com toques gregos. Existem menus de degustação a partir de 150€ por pessoa — com direito a um wine pairing por mais 80€.

Num contexto mais relaxado, o chef serve pratos menos formais no outro espaço, o Omnia, que aposta nos produtos locais, preparados e servidos de forma simples, sem grandes artifícios, entre ceviches e carpaccios, grelhados, ostras, caviar e até carnes maturadas.

Os pequenos-almoços são também frescos e inspirados nos produtos locais. E mais: podem ser servidos nos quartos sem custos extra. Uma boa forma de aproveitar os amplos terraços e piscinas privativas. E esta época de verão traz ainda mais novidades. A reabertura da temporada trará consigo uma nova piscina.

Os preços começam nos 425€ por noite na época baixa e podem chegar aos 1200€ na época alta.

Como chegar lá

Infelizmente não existem voos diretos para o aeroporto de Santorini. É necessário fazer pelo menos uma escala. Se partir de Lisboa, em maio, consegue comprar uma viagem de ida e volta por 500€.

Chegado a Santorini, há várias formas de percorrer os 17 quilómetros que separam o aeroporto do hotel. A mais barata é de autocarro, com um custo de aproximadamente 5€, mas demorará cerca de uma hora. De táxi, a viagem ficará bastante mais cara, por volta dos 90€, mas será feita em cerca de 20 minutos.

Ou então pode aproveitar o shuttle de helicóptero que o hotel põe à disposição. O valor? Não dizem, mas talvez seja melhor assim.

Carregue na galeria para ver mais imagens.

ver galeria

“>

A vista aérea de uma das villas



Source link

Leave a Comment