A tradição do 15 de agosto que o Luxemburgo (quase) esqueceu 


Léiffrawëschdag

A Festa das Colheitas assinala-se a 15 de agosto e, se outrora era celebrada por todo o país, agora centra-se nesta aldeia da Moselle.

A Assunção de Nossa Senhora, feriado no Luxemburgo (e em Portugal), é uma ocasião especialmente agitada em Greiveldange, uma aldeia da região da Moselle que continua a preservar uma tradição secular. O Léiffrawëschdag, assinalado a 15 de agosto, antecipa a época das colheitas e é o dia em que as pessoas reúnem molhos de diferentes plantas, vegetais e sementes (o chamado Wësch) para pedir uma colheita abundante.

Os populares podem compor o seu Wësch com até 35 espécies de plantas, incluindo aquelas que são necessárias à sua subsistência, pedindo depois a sua bênção numa cerimónia religiosa, a que se segue uma procissão em honra da Virgem Maria. Noutros tempos, o molho era depois pendurado nos estábulos para conferir proteção ao gado.

Ler mais:

Schueberfouer 2023. Eis as novidades da maior feira do Luxemburgo

Habitantes deram novo fôlego à tradição

O dia de festa começa com uma missa, celebrada antes da hora do almoço, durante a qual é benzido um molho de ervas e plantas. Depois, tem lugar um almoço composto de pratos tipicamente luxemburgueses, como presunto assado, favas e batatas com bacon ou Wënzerteller (prato com presunto, salsicha, queijo, paté, aspic…), acompanhados por vinhos da região.

O programa inclui, normalmente, um mercado de artesanato onde vários criadores apresentam as suas obras, degustações de produtos locais, música e jogos tradicionais. Todas as atividades têm entrada gratuita.

Antigamente, o Léiffrawëschdag era celebrado nas várias aldeias do Luxemburgo, mas atualmente a festa centra-se, sobretudo, em Greiveldange. Segundo o Luxembourg.lu, foram os habitantes desta aldeia que devolveram a vida a esta festividade, mobilizando-se em força todos os anos para a organizar e atraindo milhares de visitantes às suas ruas.



Source link

Leave a Comment