Marinho faz golaço de falta e classifica Fortaleza na Sul-Americana


Marinho colocou o Fortaleza nas quartas de final da Copa Sul-Americana com um golaço de falta aos 45 minutos do segundo tempo. É a melhor campanha da história do time cearense em uma competição continental.

O gol do atacante definiu o empate por 1 a 1 contra o Libertad-PAR, na noite desta terça-feira (8), na Arena Castelão, resultado que garantiu a vaga para os brasileiros. No agregado os brasileiros fizeram 2 a 1 porque venceram na semana passada, em Assunção, por 1 a 0.

Marinho saiu do banco de reservas para dar a classificação, entrando no segundo tempo no lugar do argentino Machuca. A cobrança de falta, quase no bico da grande área, pelo lado direito, aconteceu em uma agressão de Piris a Pikachu, que resultou em cartão vermelho ao paraguaio.

Ao fim do jogo teve confusão entre os jogadores, teve torcedor invadindo o campo, bomba na arquibancada, mas a vaga histórica estava assegurada.

Como foi o jogo

A melhor chance do Fortaleza no primeiro tempo foi em jogada de Machuca, que disparou para a ponta e cruzou para Galhardo chutar por cima do gol. O Libertad levava perigo, chegou a fazer um gol, anulado por impedimento. Mas no finalzinho da etapa inicial, Espinoza pegou uma sobre e, de fora da área, acertou um chutaço para marcar.

No segundo tempo o Libertad abusou da cera. Vários jogadores caíam a todo momento, irritando os atletas do Fortaleza e, claro, torcedores.

Na metade da etapa, Vojvoda arriscou: tirou Machuca e colocou Marinho, em uma troca até óbvia, mas sacou também o zagueiro Titi para colocar outro atacante, Guilherme. O time colocou mais pressão, teve gol anulado por impedimento, duas bolas na trave, forçou a expulsão de um rival, mas o gol só saiu na cobrança de falta sensacional de Marinho.

Quartas de final

O Fortaleza vai conhecer seu próximo rival na Sul-Americana na quinta-feira (10). O Bragantino recebe o América, em São Paulo, após empate por 1 a 1 na semana passada, em Belo Horizonte. Quem vencer avança, se empatar a decisão da vaga será nas cobranças de pênalti.

Fortaleza 1×1 Libertad

Fortaleza: João Ricardo; Tinga, Brítez, Titi (Guilherme) e Bruno Pacheco; Caio Alexandre, Pedro Augusto (Pochettino) e Zé Welison; Calebe (Yago Pikachu), Thiago Galhardo (Romero) e Machuca (Marinho).

Técnico: Juan Pablo Vojvoda

Libertad: Martín Silva; Piris, Viera, Barboza e Gimenez; Espinoza, Sanabria (Caballero), Campuzano (Riveros) e Villalba (Bareiro); Oscar Cardozo (Fernandez) e Melgarejo.

Técnico: Daniel Garnero

Gols: Marinho (45min2ºT) para o Fortaleza e Espinoza (43min1ºT) para o Libertad

Público: 50.542 pagantes

Renda: R$ 767.742,00



Source link

Leave a Comment