″Tudo o que é falado nas férias, deixa de contar…″


Redação

Tópicos

Declarações do treinador do FC Porto, em conferência de imprensa de antevisão ao encontro da Supertaça Cândido de Oliveira, diante do Benfica, marcado para esta quarta-feira (20h45)

Opinião sobre o Benfica e saudades das conferências de imprensa: “Começo pela resposta que o Pepe deu. Exemplo do Pepe é a forma como respondeu a essa questão, com humildade. Com humildade também digo que gosto de estar aqui, sou apaixonado por isto. Depois de um mês sem conferências, poderei não estar ao nível que esperam hoje, mas procurarei fazer o meu melhor, da forma que o Pepe falou, com dedicação máxima. Sobre o clássico, é um dos mais vividos do mundo, esperamos um jogo muito difícil, competitivo, uma final. Tudo o que é falado durante as férias e a preparação que as equipas têm, deixa de contar em termos teóricos. São onze contra onze, independentemente do que é procurar ganhar um título para. Procuraremos estar à altura para ganhar mais um título.”

Benfica com jogadores novos e a estratégia: “Não direi a estratégia… Faz parte de cada jogo. Se não tivesse saído ou entrado ninguém no rival, as equipas vivem momentos diferentes e a estratégia tem a ver com o nosso momento, temos de focar-nos primeiro no que devemos e podemos fazer. Olhar para a capacidade do adversário e ver também algumas fragilidades que terá. Cabe depois aos jogadores dar o máximo nas suas tarefas. Muitos dos jogos, incluindo esse com o Benfica, mostraram a nossa identidade. Uma equipa agressiva, intensa, muito forte nos duelos, mas também com qualidade de jogo. As pessoas realçam as características do FC Porto e esquecem-se de realçar a qualidade de jogo, de brilhantismo, que tivemos em momentos da época. O Benfica trouxe jogadores de inquestionável qualidade no futebol mundial e temos de estar preparados para levar de vencida o nosso rival”.





Source link

Leave a Comment